[conjunto vazio]

Manifesto: LIBERDADE AOS PIORES DE BELÔ

In blog on setembro 28, 2010 at 21:50

Longe dos holofotes da Bienal Internacional de Arte de São Paulo e da imprensa especializada sobre arte, a pixação* invade a cidade e ainda é duramente reprimida pelo poder.

No dia 24 de agosto, cinco pixadores do grupo conhecido como os Piores de Belô foram presos. A polícia havia pedido a prisão preventiva dos integrantes por formação de quadrilha, pichação, invasão a propriedade alheia, crime ambiental, depredação de patrimônio público e apologia ao tráfico de drogas.

Tal fato não se mostra de forma nenhuma isolado, já que, desde junho do ano passado, a Polícia Civil desencadeou a “Operação BH Mais Limpa”, que resultou no cumprimento de nove mandados de busca e apreensão. Ainda esse ano, a Polícia Civil criará uma delegacia para combater especificamente as gangues de pixadores que agem em Belo Horizonte, fato já amplamente divulgado como uma ação visando a Copa do Mundo. Nos parece óbvio que, com a aproximação da Copa e o ímpeto de gerar uma cidade limpa e asséptica, serão criados cada vez mais novos meios de repressão.

Além dessa nova delegacia, a Prefeitura de Belo Horizonte prevê também uma central de monitoramento eletrônico. As câmeras serão instaladas para vigiar os prédios públicos e locais de grande concentração de pessoas, como o Parque Municipal no Centro, o mirante das Mangabeiras e também a Praça da Estação (que, como já sabemos, é um espaço que só atende às demandas da própria Prefeitura, da socialite Ângela Gutierrez, o seu Museu de Artes e Ofícios e o interesse de grandes empresas que podem pagar o preço absurdo de utilização da praça). Essas novas formas de combate ao crime são legitimadas pela falsa sensação que o cidadão comum tem de que o poder público efetivamente o protege e zela pela boa conservação da cidade quando, na verdade, a cidade só deve estar limpa e bem apresentada para receber o capital estrangeiro que escoará por aqui no período da Copa. Tais ações transformam a cidade em um lindo cartão postal, longe de qualquer uso efetivo e real pelas pessoas.

O preço de toda essa “segurança” e limpeza?! Eis aqui a conhecidíssima resposta: a eterna vigilância e a repressão constante. Tudo pretensamente justificado  pelos dados que a própria prefeitura apresenta, alegando gastar R$ 2 milhões por ano em reparos de equipamentos públicos depredados, incluindo pixações. Parece ser preferível pelo poder público gastar com reparos e repressão do que efetivamente discutir o problema para além do âmbito criminoso. Como transformar jovens com rolinhos de tinta em assaltante ou traficante? Prenda o pixador por formação de quadrilha e enjaule todos juntos! A manobra política efetuada pela força tarefa do Ministério Público em conjunto com Prefeitura e a Polícia Civil para enquadrar os Piores de Belô como uma quadrilha, modificando o procedimento normal dispensado ao delito, além de cruel, é extremamente simplista, reduz a questão a um caso de polícia e encarcera sumariamente os autores de uma das práticas estéticas mais questionadoras do espaço urbano. Nos parece que tal acusação é só uma forma de infligir penas mais duras para aqueles que, como dizem os próprios Piores de Belô, apenas “jogam tintas nas paredes”.

O que nos surpreende é o caso ter sido negligenciado tanto por artistas quanto por “intelectuais”, pois é necessário e urgente que haja uma defesa da pixação, dos Piores de Belô e das movimentações que vão contra os processos de gentrificação que Belo Horizonte está passando. A única defesa pública do fato vem de Deborah Pennachin, doutoranda da Escola de Belas Artes da UFMG que tem como objeto de estudo a pixação e que, ao defendê-los em uma reportagem, afirma: “Para quem estuda, eles são top de linha da pichação em Belo Horizonte”. Sabemos o quanto é provável que a impressa tenha cortado partes importantes do seu argumento, mas não podemos deixar de considerar que defendê-los apenas por seu valor estético, além de ser um argumento fraco, soa oportunista. Afinal, isso pode acontecer com qualquer “pixadorzinho meia-boca” e é o que de fato ocorre: a maioria desses pixadores vive em comunidades carentes onde traficantes e assassinos não passam o que eles passaram nas mãos da polícia por causa da pixação. De janeiro a agosto deste ano, foram presos 257 pixadores em Belo Horizonte.

Sem entrar em qualquer mérito sobre a pixação, espaços excludentes, relação com a cidade, arte/anti-arte, colocamos a questão: será que só o fato de ser uma medida autoritária que vai aumentar a quantidade de processos desnecessários no judiciário, abarrotar ainda mais nossas cadeias que ferem cotidianamente o básico dos direitos humanos e possivelmente servir de escola de bandidagem para jovens que só andavam por aí armados de rolinhos e tinta, será que só isso não basta para ser contra a prisão destes jovens?

Devemos lembrar que Os Piores de Belô ainda estão detidos por tempo indeterminado em uma unidade comum até que ocorra o julgamento.

* Utilizamos a grafia “pixo” no lugar de “picho”, conforme o uso que os próprios interventores fazem

Anúncios
  1. É foda! Fico pensando no inferno que irá virar isso aqui durante a copa… se já tá assim.

    • Desde quando procurar deixar a cidade limpa é inferno? Tu é burro ou o que? Inferno é o que esses marginais pichadores fazem todos os dias estragando nossas cidades. E ainda vem um manés vagabundos fazerem manifesto. Deviam era levar um chicote pra aprender a ser BURRO!

      • Foram 13 longos anos de CHARLATANISMO!

        É a mentalidade do Petismo que invade os municípios (seja quem for o prefeito); os Estados (de qualquer Partido) e o país!

        Eh, Brasil!!!

        Brasil vigarista, charlatão, picareta e EMBUSTEIRO.

        Só feiúra (plástico, poluição, sujeira, papel jogado pelo cidadão na rua, pichação em Sampa, música decadente e ruim, brega, baranga, PT, PSOL, Satélites: PCdoB…).

        PT sempre foi VIGARISTA. Charlatão.

        PT ADORA pichação (nas paredes das grandes cidades!). É brega, mesmo.
        Essas aí no muro sempre do OUTRO.

        Chamam pichações arte. rsrs.

        E dizem que não há diferença entre GRAFITTE & PICHAÇÃO.

        São corroborados por professores doutores da USP, os ditos “””intelectuais”””.

        Os tais de inteliGENTINHOS. Todos USP!

        São os teóricos pós-modernos. Que dizem: “TUDO É ARTE.”

        Os alunos acreditam; e veneram.

        Inclusive dizem que Baixa Cultura e Cultura de Massa são Artes. rsrs. Professor doutor. Os pós, também. Tudo apenas charlatanismo.

        Pichação, para PT é Alta Cultura. Pra USP, idem.

        Êta Brasil!

        O PT e seus Satélites são barangos. E bregas. E cafonas. E Kitsch.

  2. Moro no interior de Sampa…. meu filho acha a pichação (bem feita) dez…. o que fiz…. liberei os muros internos do meu quintal para ele e os amigos…. tá certo que eles não são bons… mas curti o meu quintal… assim não fazem na rua…
    Que tal a prefeitura pensar num local para esta moçada se desenvolver numa coisa que pode virar arte????
    Eles não são vândalos….. mas com recriminação podem se transformar….

  3. […] – Manifesto: liberdade aos Piores de Belô – por Conjunto Vazio […]

  4. […] – Manifesto: liberdade aos Piores de Belô – por Conjunto Vazio […]

  5. […] – Manifesto: liberdade aos Piores de Belô – por Conjunto Vazio […]

    • Cara, se eu te conhecesse, arrebentava sua cara. Vai ser burro assim lá na China. Desde quando pichação é uma coisa boa? Vai defender bandido do caralho. Cadeia para todos esses merdas!

  6. Moro em BH, e eu vi uma ou outra grafitagem assinada por eles… o que vejo mais é pichação mesmo, e só com o nome deles, não tem uma mensagem, algo pra refletirmos, tentarmos entender o porque daquele escrito estar ali. É só poluição visual, porque o que muda ficar vendo “os piores de belo” escrito por ai? nada. sem contar as casas… só pq a pessoa nao mora na periferia ela é culpada de ter uma casa ali e merece que sua casa seja depredada?
    Tenho esses questionamentos acerta desse assunto.. alguém poderia me esclarecer?

    abraço

  7. Daí cê vem me dizer que o fato de comunhão e pixação de um espaço que é de todos não é algo para refletirmos? Acho que essa idéia de “poluição visual” que cê usou já tá ultrapassada, daquelas que de tanto usar já nem se sabe o que significa. Repensa isso que falou. A idéia de “depredação” e de “propriedade” é que devem ser revistas! Espaço não é algo privado, é uma relação pública, entre corpos e ambientes, sem autoria ou propriedade!

    • Eu comprei a minha casa, pago impostos e gastei 500 reais para pintar o muro da minha casa. Com qual direito alguem estraga um patrimonio meu? Se quer lutar contra o governo, altos impostos e a educação ridicula que temos, existem formas muito mais eficazes, que essa desculpa de vandalismo.

      • Concordo plenamente! Não acredito que tem imbecil achando certo pichar para lutar contra o governo. Só podem ser analfabetos mesmo que não têm um mínimo de estudo. Desejo que todos os pichadores tenham as pernas quebradas ao caírem de prédios enquanto tentam pichar. Pichadores = Bando de vagabundo!

  8. E o pior: em prol da suposta “segurança”, lá vêm de novo restringir a nossa privacidade com câmeras e vigilância além do necessário. Parece que estão revertendo todas as idéias de privacidade e publicidade.

  9. Pichação é vandalismo e deve ser reprimida com toda a força da lei.

  10. cadeia na cambada!!!

    • pode mandar cadeia que é pouco pra nós!!!!
      pichaçao é vandalismo e protesto e nao fazemos pra agradar a ninguem
      seu cuzao

  11. […] – Manifesto: liberdade aos Piores de Belô – por Conjunto Vazio […]

  12. O homem se espressa nos muros a milhares de ano.Essa reportagem é completamente preconseituosa.Portanto,prender ou reprimir acho que não será a solição.Devemos pensar na juventudade atual que,por desastência familar,governamental passa a se expressar dá forma marginal.

  13. Amigo, primeiramente gostaria de dizer que escreve muito bem, parabéns. Em segundo, você aborda vários assuntos e generaliza bastante. Não sei o critério para definir o que é arte ou deixa de ser, mas pichação é parte da cultura. Surgiu, é produzida por seres da nossa sociedade. No entanto o que me deixa encucado é o fato dela ser invasiva, não permitida. Ora, pichar muro de casa é maneiro? Imagine todas as casas da cidade com pichação. Iria ser tanta poluição visual quanto os Outdoors. Sem falar que 90% do que é pichado são recados pessoais, xingamentos ou marcação territorial (meio animalesco, não?)
    Concordo com o que diz, e muitos já sabem. Todo trabalho de “limpeza” e “reconstrução” que foi/está sendo feito pra mostrar trabalho, pra não ter do que reclamar. Como se fosse um plano que demorou anos na prancheta pra ser feito por que é complicado… O Brasil e muitos outros países (senão todos) vivem fazendo o mínimo e não o necessário. O suficiente pra não reclamar. Isso é só pra gringo quando chegar não ter “má impressão”. A realidade é foda, mas à tempos burocráticos estamos indo, andando e melhorando.
    Vou ler os outros textos daqui do blog e digerir. Você escreveu bastante sobre pichação ultimamente, vou ler, por que é difícil definir aquilo que não conhecemos. Mas fica aí minha opinião, meu pitaco.

    Abraço!

  14. Tomara que morram na prisão porcos filhos da puta

  15. Gosta de pichar? De demonstrar sua arte? De expressar sua indignação com o “sistema”? Vai pichar os muros da casa da mãe! Da sua casa! Da casa de algum familiar!! É muita cara de pau depredar o patrimônio alheio e ainda falar que essa porcaria é arte!!

  16. […] – Manifesto: liberdade aos Piores de Belô. Por Conjunto Vazio […]

  17. […] – Manifesto: Liberdade aos Piores de Belô. Por Conjunto Vazio […]

  18. […] Manifesto Liberdade aos Piores de Belô – por Conjunto […]

  19. independente da opiniao de qualquer um!
    a pichaçao nunca vai acabar
    independente se é pra protestar pra sujar ou pra que for
    enquanto haver tinta e ser humano vai ter pichaçao
    pelo menos enquanto eu tiver vivo nao vai parar de aparecer nenhuma
    nao tive nenhuma quadra no meu bairro pra jogar uma bola
    educaçao foi maior lero lero
    colegio era só nao faltar que passava de ano
    diferente de muito cuzao ae que deu opiniao de cadeia pra pichador
    seu filho pode envolver um dia em cuzao
    viva a pichaçao
    liberdade de expressao
    a voz dos sem voz
    ou apenas pelo unico prazer de sujar
    um salve para todos loucos envolvido com tinta
    de menos pros artistas de quadro
    pra mim esses sao cuzao!!!

  20. TEM QUE PRENDER ESSES PICHADORES VAGABUNDOS MESMO!
    BANDO DE VÂNDALOS QUE CAUSAM PREJUÍZO À PROPRIEDADE ALHEIA!!!!!

    MANDEI PINTAR O MURO DA MINHA CASA HÁ APENAS 7 DIAS E AS PICHAÇÕES JÁ ESTÃO DE VOLTA!!!!!!

    R$ 2.500,00 JOGADO NO LIXOOO!!!!

    VÃO SE F**** SEUS PICHADORES FDP!!!!

  21. […] a criminalização crescente de jovens (principalmente a cruzada promovida pelo poder público aos Piores de Belô) o encontro tentou analisar e dar a ver visões sobre a pixação, a cidade e as políticas […]

  22. Se o pichador que se liberar de um recalque ou desamor, não é com a agressão ao meu direito de ver jardins bonitos e paredes limpas. Também tenho o direito de não ter engolir à força essas coisas ridículas.

    • Concordo plenamente! Pichador bom é pichador alejado. Tem que ser muito BURRO mesmo para achar pichação algo certo.

  23. Bando de FDP esse pichadores de merda. Cadeia é pouco. Deveriam ser torturados e comer a tinta dessa merda de spray. Bando de VAGABUNDO! E ainda tem um imbecis que acham que pichar é certo. Vocês devem comer bosta no almoço… só pode. Tem que ser BURRO demais pra achar uma coisas dessas. Tomara que vocês todos sejam presos para picharem a bunda de vocês!

  24. Piores de belo ..pvl…pavor…salve ..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: